E-portefólio pessoal
05 de Junho de 2008

Os principais motivos que levaram à criação do programa anteriormente descrito são a inovação, a democracia, a autonomia curricular, a eficácia, a diversidade, a privatização e a qualidade. Contudo os princípios que orientam uma reforma educativa vão muito mais além. Baseiam-se na igualdade dos conhecimentos que se espera que os alunos atinjam, no reconhecimento das necessidades e características dos alunos e professores na sala de aula, deve promover o trabalho em equipa (envolvendo alunos, pais e professores), o currículo deve ser progressivo e de continua aprendizagem, os conteúdos devem corresponder às ambições dos alunos e devem basear-se na cultura envolvente.

Em determinados aspectos todos concordam que a escola convencional revela-se pouco ágil na transformação social com o objectivo em criar uma sociedade mais justa. Todavia, uma sociedade sem escolas é deveras preocupante.

publicado por Diana Oliveira às 12:19

Este programa fomenta o envolvimento familiar e da comunidade, é encarado com “alternativa credível às escolas convencionais e de gastos reduzidos”. De acordo com a AHEA (Alberta Home Education Association) “o homeschooling (…) não é a escola em casa (…) é um modo de aprendizagem completamente diferente baseado nas formas naturais de aprendizagem que aconteceram no período pré-escolar de cada um”. Importa também referir que neste programa “aprende-se muito mais em menos tempo e com menos esforço”.

Todavia o homeschooling diminui a papel social da escola. O facto de ter como base de apoio a worl wide web cria desequilíbrios sociais. Contudo, o homeshooling “continua a encobrir um debate em torno da velha questão (…) qual é o conhecimento socialmente mais valioso?”. As teses que apoiam a substituição do professor pela tecnologia são enganadoras na medida em que “a world wide web, se para muitos (…) é um sonho, outros (…) nem fazem a mínima ideia da sua existência”.

No caso português a inclusão do homeschooling ainda é pouco significativa todavia Maria Coelho defende que “sob o ponto de vista do desenvolvimento da criança, privá-la de contactos sociais é negativo e condiciona o processo de maturação [existindo] ainda o risco da sobreposição dos papeis de pai e professor.”

O projecto neoliberal não inova no que se refere aos conteúdos, ou seja, os conhecimentos que são ensinados não são questionados. O programa homeschooling problematiza um aspecto importante, a socialização. De acordo com os estudos realizados por Ray, as crianças que optaram pelo homeschooling, revelam níveis de ajustamento emocional e social superiores comparativamente com as crianças que se encontram em escolas convencionais. Para além disto, os defensores do homeschooling afirmam que a socialização é o ponto fulcral para as crianças que não querem ir à escola.

publicado por Diana Oliveira às 12:12

Na década de 60, inicia-se nos EUA uma reforma escolar, orientada pela política neoliberal, designada  o homeschooling cujos grandes impulsionadores são Raymond Moore e John Holt. Estes autores defendem duas correntes muito diferentes: o primeiro assume uma perspectiva mais religiosa; o segundo identifica-se com dinâmicas de contracultura. 

Neste programa são os pais que planificam as diversas etapas de aprendizagem e encontram as diferentes estratégias para que se concretizem, através de, por exemplo, jogos educacionais, filmes, vídeos, computadores e até mesmo pela realização de experiências que permitam uma aprendizagem verdadeiramente significativa. O currículo adoptado tem em consideração uma aquisição sequencial e progressiva dos conhecimentos na medida em que os novos conhecimentos são construídos em função dos anteriormente adquiridos.

 

(Fundamentação teórica em Se a Tecnolgia Educativa é a Resposta, Qual é a pergunta? de João M. Paraskeva)

publicado por Diana Oliveira às 12:08
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
arquivos
2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

RSS
Songs

musicas blog
+ Songs
Posts mais comentados
4 comentários
4 comentários
3 comentários
últ. comentários
Como os alunos de hoje em dia são "nativos digitai...
É praticamente impossível criar um sistema impenet...
E não existe, em informática, sistemas infaliveis ...
LOL....Pena que não se possa vê-los a jogar também...
Vou experimentar misturar a minha cara com a do Br...
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Conversas...
N.º de visitas